domingo, 19 de maio de 2019

Pint of Science 2019 | São Paulo


Nos dias 20, 21 e 22 de maio a Cervejaria Armazém 77, abre suas portas para o maior evento de divulgação científica do mundo: Pint of Science 2019 | São Paulo

A organização local é de Samuel Antenor e terá diversos temas como poluição ambiental, parto humanizado, doenças negligenciadas  e preservação do patrimônio histórico.

O Grupo Ururay - Patrimônio Cultural [representado pela Patricia Freire e pelo Lucas Florêncio] participará da mesa "Urbanização e preservação do patrimônio material e imaterial na Zona Leste" no dia 22/maio que contará com a participação do professor da FAU-USP Renato Cymbalista. 

Cada vez mais a Penha é inserida nos roteiros culturais da cidade, nos quais a participação do público tem sido crescente, o que revela o interesse das pessoas da região por arte, cultura e conhecimento. 
É nesse contexto que o Armazém 77 [uma cervejaria artesanal localizada na rua Betari, área central do bairro] vai receber a primeira edição do Pint of Science na Zona Leste.

O Pint of Science é um festival de divulgação científica que acontece em bares durante três noites do mês de maio, quando cientistas e público se reúnem para beber cerveja e bater papo sobre variados temas, mostrando que, assim como futebol, ciência também pode ser discutida em mesa de bar, entre um gole e outro e com muita descontração.

Em 2019, na 4ª edição do Pint of Science 2019 | São Paulo, entre os 13 bares participantes do festival a novidade fica por conta do Armazém 77, primeiro bar na região Leste da cidade a receber o evento internacional, que acontece simultaneamente em 24 países.

Mais informações no site: pintofscience.com.br/



sexta-feira, 3 de maio de 2019

Arquiteturas que ensinam (encontro e roteiro)

Escola Estadual Nossa Senhora da Penha nos anos 1950

Com o patrocínio do Programa Fomento à Cultura das Periferias da Secretaria Municipal de Cultura, o Grupo Ururay está realizando o projeto "Heranças Periféricas", proposta que contempla uma série de ações que parte do patrimônio cultural da região leste de São Paulo para discutir a cidade e suas tensões, qualidade de vida e a construção de pertencimento e vínculo social.
Como parte do projeto iremos realizar em maio "Arquiteturas que ensinam",  atividades de reflexão sobre a arquitetura escolar e educação por meio de roda de conversa e roteiro pelo bairro da Penha de França, visitando três escolas públicas construídas a partir de três propostas educacionais distintas.

Público Alvo: pesquisadores, estudantes, professores e interessados em geral

Cronograma de encontros

Dia 11 e 18 de maio (sábados) de 2019

das 9:00 às 12:00
Local: Memorial Penha de França
Rua Betari, 560, Penha de França

Atividade gratuita
Vagas limitadas
Certificado de participação para os presentes nos dois encontros

Grupo Ururay:

Julio Cesar José Marcelino é produtor cultural da entidade Movimento Cultural Penha, pesquisador e membro do Grupo Ururay – Patrimônio Cultural e Comunidade do Rosário dos Homens Pretos da Penha de França.

Mauricio Dias Duarte é pesquisador com ênfase nos patrimônios históricos da Zona Leste de São Paulo, historiador e membro do Grupo Ururay – Patrimônio Cultural.

Pesquisadora convidada:


Samira Bueno Chahin é arquiteta e urbanista, atua como educadora em programas para formação de professores com foco nas relações entre educação, arquitetura e cidade. Especialista em Gestão do Patrimônio Cultural (Universidade de Salamanca), é doutora pela Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de São Paulo (USP).

Para se inscrever preencha o formulário clicando aqui

#FomentoCulturaDaPeriferiaEd2

segunda-feira, 22 de abril de 2019

Nesse mês de abril, o Grupo Ururay realizou duas atividades de formação junto ao programa Jovem Monitor Cultural da região Leste 1, programa da Secretaria Municipal de Cultura de São Paulo de formação e experimentação profissional em Gestão Cultural para as juventudes da cidade.

A primeira encontro teve como temática o Direito à Cidade, realizada na Biblioteca Hans Christian Andersen, no bairro do Tatuapé, onde trouxemos discussões teóricas e de experiência do coletivo a respeito das narrativas e lutas que se travam em busca de uma cidade mais humana e inclusiva.

O segundo encontro foi realizado no Memorial Penha de França, a programação contou com um roteiro por escolas da região da Penha (Padre Antão, Estadual da Penha e Santos Dumont) e conversa com diretoras sobre questões históricas, arquitetônicas e de articulação territorial, como também uma parte teórica sobre produção cultural e estratégias de fortalecimento de relações comunitárias.

Agradecemos a participação e envolvimento dos Jovens Monitores nesses dois encontros e a confiança da CIEDS e da SMC!














terça-feira, 2 de abril de 2019

Visita Técnica ao Parque Ecológico Tietê

Hoje, 2 de abril, parte do Grupo Ururay visitou o Parque Ecológico do Tietê, em seu núcleo Engenheiro Goulart, área de Proteção Ambiental localizada na várzea do Rio Tietê, sob administração do DAEE, e importante patrimônio cultural da Zona Leste de São Paulo. O parque conta com uma grande lagoa para pedalinhos, áreas para piquenique, equipamentos esportivos, quadras, quiosques, trilhas, piscina, teatro, museu e biblioteca, fazendo parte de apenas um setor dos diversos parques do Tietê, interligados pelas curvaturas do Rio.

A visita técnica faz parte de um processo de investigação do Grupo em relação ao Rio Tietê, elemento importante para o desenvolvimento de parte da ocupação urbana da Zona Leste com aspectos econômicos e da cultura imaterial e material, uma vez que perpassa subprefeituras da Brás, Mooca, Penha e São Miguel Paulista até os limites com Itaquaquecetuba.





terça-feira, 26 de março de 2019

Grupo Ururay convida para reabertura do Memorial Penha de França


O Grupo Ururay, coletivo contemplado com o Projeto Heranças Periféricas do Edital de Fomento à Cultura da Periferia da Secretaria Municipal de Cultura apresenta evento de reinauguração do Memorial Penha de França (MPF)
No ano em que o Memorial Penha de França faz 15 anos de trabalho dedicado ao patrimônio cultural do bairro da Penha de França, região leste de São Paulo, ganha nova configuração do espaço físico, um programa educativo com base na Museologia Social e a organização do acervo de fotos e documentos reunidos pela comunidade com a curadoria de José Francisco Folco.

Para celebrar essa nova fase o Ururay propõe uma programação de reativação do MPF, com atividades especiais de reflexão e ocupação do espaço a partir de olhares sobre o acervo e das ações que o MPF vem desenvolvendo desde sua concepção. Assim teremos roteiros, derivas fotográficas, apresentações musicais, exposições, cursos, palestras, exibição de filmes, entre outras ações.

Segue Programação de reinauguração:

Dia 29/03/2019 (sexta-feira)

19:30 – Abertura da Exposição Luzes e Linhas urbanas de Douglas de Campos
20:00 – Exposição do processo de readequação do MPF
21:00 – Apresentação do Mutamba Trio
22:00 - Encerramento

Endereço
Local: Rua Betari, 560, Penha de França, São Paulo - SP

Entrada gratuita




Mutamba Trio apresenta uma grande viagem sonora por meio do cruzamento de ritmos brasileiros e mundiais, com ênfase nas diversas sonoridades da diáspora africana. No show serão apresentadas composições autorais inéditas, passando pelo samba, funk, jazz, ritmos afro-cubanos entre outros.

Músicos:
Vinicius Satiro: Piano e teclados
Sandro Bueno: Cajón, Octapad, pecurssão e efeitos
Vanderson Satiro: Contrabaixo

Exposição Luzes e Linhas urbanas
Fotos de Douglas de Campos

Curadoria Francisco Folco
Montagem Ivanildo Júnior
Expografia Patricia Freire
Produção Julio Cesar J. Marcelino e Mauricio Dias Duarte



Ficha técnica

Grupo Ururay
Julio Cesar J. Marcelino
Lucas Florêncio, 
Mauricio Dias Duarte
Patrícia Freire
Monica Mantovani
Yasmin Derviche

Fotos Douglas de Campos e Luciana Alexandrino

Colaboradores
Altair dos Santos Francisco
Cláudio Antonio Adão
Francisco Folco (pai de José Francisco Folco)
Gustavo Marques dos Santos
Margareth Rodrigues Cardoso
Miguel Martins 
Natália Scromov Espada
Ruy Barbosa

Equipes de trabalho – Reforma do Memorial

Serviço de mão-de-obra em construção e reforma
Mestre Ilvo dos Santos
Mestre Moisés

Elétrica
S. Paschoal
S. Ramos 

Pintura e operacional
Ivanildo Júnior

Conselho do Memorial Penha de França
Antônio Reina Rico Galves
Francisco Folco
Janete Cheila Alves da Silva
Julio Cesar José Marcelino
Luciana Alexandrino
Natália Scromov Espada
Patricia Freire de Almeida
Rodolfo de Azevedo
Vanderson Satiro


Fotos do Memorial Penha de França, por Douglas de Campos


Mais informações
www.ururaypatrimoniocultural.blogspot.com.br
ururay.patrimonioleste@gmail.com

#FomentoCulturaDaPeriferiaEd2

segunda-feira, 29 de outubro de 2018

Festival Tombamento - São Miguel



Festival Tombamento – São Miguel
Dia 3/11/2018
Das 10:00 às 16:00
Local: Capela de São Miguel Paulista
Praça Padre Aleixo Monteiro Mafra (Praça do Forró), São Miguel, São Paulo - SP

Com o patrocínio do edital de Fomento à Cultura das Periferias, o Grupo Ururay realiza o projeto Heranças Periféricas, proposta que contempla ações a serem realizadas na zona leste da cidade enfocando o debate sobre o patrimônio cultural na região.

Acreditamos que a participação social a partir de atividades como oficinas, percursos temáticos, cursos, festivais, mobilização de grupos locais, entre outros, é a chave para construção de identidade entre as pessoas e o ambiente construído, relacionando o patrimônio imaterial e as narrativas presentes nos territórios. Assim, para desenvolver essa pauta apresentamos o Festival Tombamento, que terá sua segunda edição em São Miguel, na Capela de São Miguel Arcanjo, templo religioso mais antigo do estado de São Paulo em que a construção data de 1580 e a reconstrução 1622. A Capela se localizada na Praça Padre Aleixo Monteiro Mafra (Praça do Forró), no distrito de São Miguel Paulista na cidade de São Paulo.

O Festival Tombamento – São Miguel ocorrerá no dia 03 de novembro (sábado) em referência aos 80 anos de tombamento da Capela pelo SPHAN/IPHAN focando na reflexão sobre as diversas narrativas no entorno da Capela, e celebrando sua importância para a construção da história da cidade de São Paulo.


Programação
Todas as atividades têm entrada gratuita


Intervenção artística na cerca “Capela dos Índios”: Proposta de produzir grandes trançados com tiras coloridas na cerca que circunda a Capela com motivos de referência da cestaria indígena. A intervenção será conduzida pelas mulheres da Aldeia Tekoá Pyau (Jaraguá).
Período: de 3 a 16 de novembro


Percurso pelas histórias de São Miguel: no roteiro buscaremos entender, através do contato reflexivo com diversos espaços da Praça Padre Aleixo Monteiro Mafra “Praça do Forró” e em visita a Capela de São Miguel, a sua trajetória desde o período colonial até os dias atuais.
Mediador: Yasmin Derviche e Monica Mantovani
Ponto de encontro: Capela de São Miguel
Das 10:00 às 12:00
Inscrição pelo email: ururay.patrimonioleste@gmail.com
Vagas limitadas


Palestra “A Capela de São Miguel Paulista como expressão da arte brasileira”
A palestra destina-se ao público em geral interessado no acervo patrimonial localizado na Capela de São Miguel Arcanjo, destacando elementos presentes reconhecidos pelos historiadores como de grande relevância para a história da arte brasileira, refletindo sobre a importância deste edifício não somente como patrimônio resultante da contribuição dos povos indígenas, mas como lugar de memória da gente brasileira.
Pesquisador: Fabricio Forganes Santos
Das 10:00 às 12:00
Não é necessária inscrição


Apresentação da Banda Musical do Instituto de Arte de São Miguel
Maestro Wagner Silva
Às 12:00


Cozinhando Música: projeto que conta com apresentação musical, DJ e venda de pratos a preços populares.
Nação Trio: Leo Carvalho, Leandro Neri e Ronaldo Gama;
Convidados: Sil Martins, Ligia Regina, Luiz Casé, Trio Amizade e Diva dos 8 baixos.
Gastronomia: Acarajé e tapioca da Dona Margarida
Mediação: Renato Gama
Das 13:00 às 16:00

Venda de produtos das Comunidades:
Aldeia Tekoá Pyau (Jaraguá) e Mulheres do GAU - Agricultura e Culinária Orgânica (União de Vila Nova) com artesanatos, pães, bolos, geleias, ervas medicinais, entre outros.
das 10:00 às 16:00


Sobre o Grupo Ururay

O Grupo Ururay é um núcleo de pesquisa e de ação cultural formado por indivíduos interessados na preservação e divulgação do Patrimônio Cultural da região Leste de São Paulo.

Ficha Técnica: Julio Cesar J. Marcelino, Lucas Florêncio, Mauricio Dias Duarte, Patrícia Freire, Monica Mantovani e Yasmin Derviche


Mais informações
www.ururaypatrimoniocultural.blogspot.com.br
ururay.patrimonioleste@gmail.com
(11) 2306-3369
#FomentoCulturaDaPeriferiaEd2

segunda-feira, 15 de outubro de 2018

No último sábado dia 06 de outubro o Grupo Ururay realizou um roteiro por São Miguel Paulista, em parceria com o Núcleo Itaim Biacica do Programa Parque Várzeas do Tietê (PVT). Durante o roteiro o grupo de participantes visitou e refletiu sobre locais de referência para o Patrimônio Histórico e Arquitetônico, tanto em relação aos povos que ocuparam a região no passado quanto para as ocupações mais recentes.
Nós visitamos a Capela de São Miguel arcanjo; as Ruinas do Sítio Mirim e o Viveiro Escola das Mulheres do GAU ( Grupo de Agricultores Urbanos).

















Essa ação ocorreu através do projeto Heranças Periféricas – Fomento à Periferia – Secretaria Municipal de Cultura.